Tag Archives: anos 50

Amy!

5 dez

Este ano tivemos uma perda na música que vai ser lembrada por muitos e muitos anos, eu e Manú ficamos muitos sentidas, afinal tinhamos acabado de ver Amy Winehouse no “Summer Soul” deste ano, e é uma cantora muito especial para nós e para nossa família, não tem sequer um final de semana que não nos juntamos para fazer aquele Happy Hour ao som de Winehouse. Amy fez renascer aquela essência da música soul dos anos 60 que estava perdida em meio a tanta tecnologia, todos os jovens tiveram uma oportunidade de ver um mito em plenos anos 2000.

Foi uma experiência única assistir o seu show, ver como ela manuseava aquilo tudo ao vivo sem sequer algum ensaio, ver como ela escolhia a canção que ela gostaria de cantar na hora, e ainda toda aflição do público se ela iria subir ao palco ou não, para nossa sorte o show de Recife foi o que ela mais cantou, parecia estar se divertindo de verdade dançou, chorou, deu até uma pirueta e quase levou um tombo, foi emocionante.

 

E hoje será o lançamento do último álbum da maior diva da música soul deste século, já foram divulgadas várias faixas, entre elas uma com a parceria de Tony Bennett que você pode ver logo abaixo:

As músicas são misturadas, algumas são novas que ela estava gravando para o seu novo disco, e outras foram tiradas do arquivo pessoal da cantora, são gravações nunca divulgadas, algumas foram descartadas dos álbuns anteriores e estão neste agora, ainda tem uma versão especialmente para os brasileiros de “Garota de Ipanema”, a faixa que mais gostei do cd foi “Our Day Will Come”, inclusive saiu o clipe há alguns dias atrás:

Coincidentimente hoje também está sendo lançada a última coleção da Amy em parceria com a marca “Fre Perry”, de quem era fã. Amy já tinha lançado uma coleção antes, e a cantora gostou tanto que tinha renovado sua parceria para mais quatro temporadas, mais infelizmente isso não veio a acontecer, e só nos restou conferir a última coleção que Amy nos presenteou.

As duas coleções foram inspiradas no seu estilo próprio, contanto que a própria Amy vivia usando a coleção passada por aí, o estilo das roupas não tem uma definição, não é vintage, não é preppy, não é rocker, é simplesmente no estilo Amy Winehouse.

O que eu mais gostei foi a estampa que criaram com a Amy segurando um disco de vinil, tenho certeza que quando Manú(viciada em estampas) ver vai querer comprar.

Vejam algumas peças logo abaixo:

Você pode comprar através do site: neste link! No site você também poderá ver a coleção passada e a nova  neste link: Aqui!  Lembrando que todo o dinheiro arrecadado com as vendas tanto do cd quanto da coleção será todo revertido para a “Fundação Amy Winehouse”, que será criada pelo pai da cantora para atender jovens dependentes químicos.

Não há duvida alguma que Amy Winehouse vai deixar um legado, que será muito difícil ser conquistado por outra pessoa, depois de tantos anos sem nenhum ícone deste porte surgiu uma britânica com uma voz embriagada, um delineador e cabelo totalmente exagerados que encantou a todos. E que infelizmente a perdemos tão cedo. Por isso se você gosta dela, não deixe de comprar o álbum, ele futuramente valerá mais que o dos Beatles.

Gooostaram??:)!!!

Anúncios

Look do Dia!

19 fev

O Você Gooosta é mega fã da January Jones, não só pelo prestigiado papel de Betty Draper em Mad Men, mas pelo seu estilo dentro…

e fora das telas…

… assim como esse look descontraído com um toque de fashionismo que nós vimos a January hoje passeando com seu cachorrinho:

January faz um papel bem antiguinho lá nos anos 50, onde mulher tinha cabelo muito bem arrumado e vestia vestidos acinturados e rodados, onde não tinha babyliss e sim bob, onde não tinha lápis de olho esfumado e sim delineador bem romântico, e onde não tinha gloss e sim o bom e velho batom vermelho.

Jones deixa de lado todas as boas e clássicas inspirações de Mad Men e na sua “vida real”  procura todas as formas de parecer mais anos 10, com todo seu cabelo bagunçado, seus óculos Ray Ban, chapéu Panamá, camisetinhas Podrinhas  e sapato Oxford, tudo que ela não tem em Mad Men.

E por isto tudo não conseguimos enxergar Betty Draper em January Jones ou January Jones em Betty Draper, agora sim vocês sabem porque Manú e Mari são fãs de carteirinha do estilo das duas!

Beijinhos!